ALERTA SOBRE VIRUS


Quem nunca recebeu um alerta contra os suspostos virus que chegam
atraves de mensagens de e-mails!?!?
Pois É, acho que um amigo meu ficou meio "irritado" com estas mensagens e resolveu alertar sobre um perigoso e terrÍvel virus também... vejam a mensagem dele!!!

Se voce receber um e-mail com o assunto (subject) BADTIMES, apague-o imediatamente sem lê-lo!
Este e o mais perigoso virus de e-mail jamais visto!
Ele vai reformatar todo o disco rigido e apagar o conteúdo de qualquer
CD inserido no seu drive de CD-ROM.
Não satisfeito, vai bagunçar quaisquer disquetes que estejam próximos
ao seu computador.
Vai recalibrar a temperatura de sua geladeira para que todo o seu
sorvete derreta.
Vai desmagnetizar todos os seus cartões magnéticos, girar o controle de tracking do seu videocassete e usar frequências harmônicas subespaciais para arranhar qualquer CD que você tentar tocar!
O BadTimes manda um e-mail para sua(seu) antiga(o) namorada(o)
entregando o seu novo número de telefone.
Ele mistura aditivo de radiador em seu aquário.
Bebe toda a sua cerveja e deixa suas meias na mesa de café quando
alguma companhia sua estiver chegando.
Ele põe um bichano morto no bolso de dentro de seu melhor terno e
esconde as chaves de seu carro quando você estiver atrasado.
O BadTimes vai fazer com que você se apaixone por um pinguim e tenha
pesadelos com anões de circo.
Ele vai seduzir a sua avó.
Pouco importa se ela já estiver morta, o poder do BadTimes e tão grande que alcança até mesmo além das sepulturas.
Ele move o seu carro aleatoriamente nos grande estacionamentos para que você não possa achá-lo.
Ele chuta o seu cachorro, deixa mensagens libidinosas na secretária
eletrônica do seu chefe. Com a sua voz!
Ele e perigoso, horroroso e terrível de se contemplar.
O BadTimes vai contaminá-lo com a doença que atinge árvores holandesas.
Ele vai deixar a tampa da sua privada levantada.
Vai deixar bacon fritando no fogão, enquanto sai para caçar estudantes do colégio vizinho com seu novo cortador de grama.
Estes são apenas alguns sinais.
Seja muito cuidadoso!".

Colaboração de Flávio Bonacordi